Link para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Link para o Portal do Governo Brasileiro

 

Tatajuba - Partes reprodutivas de Bagassa guianensis

Autor(es):  Embrapa Amazônia Oriental

  Buscar  

 

   Busca Avançada

Flores de Bagassa guianensis

As árvores são dióicas: cada árvore produz ou flores masculinas ou flores femininas.

As flores femininas são agrupadas em inflorescências globosas (capítulos compostos de milhares de flores). Cada flor emite um estigma que dura cerca de uma semana, escurecendo depois.

Quando masculinas, as inflorescências são em forma de espigas, com cerca de 10 cm de comprimento. As flores são minúsculas e compactadas, cada flor com dois estames.

As flores masculinas são agrupadas em inflorescências compridas, pendentes, do tipo amento.

No período de fertilidade, as flores femininas ficam cobertas por nuvens de tripes que colocam seus ovos no ovário das flores. Posteriormente, os jovens tripes comem o tecido em volta da semente em desenvolvimento.

 

Frutos

O capítulo se transforma em uma estrutura que, na verdade, é um conjunto de frutos (infrutescência). Cada flor pode produzir uma semente. O fruto em si consiste em uma semente protegida pelo pericarpo.

Tatajuba - Período reprodutivo de Bagassa guianensis
  Mostra prováveis épocas de floração e frutificação de Bagassa guianensis, segundo dados dos herbários IAN, MG e INPA

  Hiperbólica
 

Pasta de documentos
Adicionar
Visualizar

  Informes
Embrapa Amazônia Oriental
Topo | Página Inicial | Voltar
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610.
Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°.
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041